Roteiro turístico e religioso Caminhos de Caravaggio completa seis meses de existência

Lançado em maio deste ano, o Caminhos de Caravaggio é um roteiro turístico e religioso que interliga os santuários de Nossa Senhora de Caravaggio de Farroupilha a Canela. Inspirado no Caminho de Santiago de Compostela, na Europa, o percurso da Serra Gaúcha possui aproximadamente 200 quilômetros e passa também pelos municípios de Caxias do Sul, Nova Petrópolis e Gramado. O trajeto já foi concluído por cerca de 100 pessoas, tanto a pé ou de bicicleta.

Um dos objetivos do Caminhos de Caravaggio é contribuir para o desenvolvimento econômico da região. A Pousada Familiar Dona Solange, localizada no distrito de Vila Oliva, é um dos empreendimentos que surgiram com após a criação do roteiro e já recebeu mais de 90 pessoas desde então. A proprietária, Solange de Souza Pinto, acredita que o ambiente familiar que a localidade proporciona aos caminhantes seja o diferencial. “Acolhemos os caminhantes como uma família. Na maioria das vezes eles até querem que a gente faça as refeições juntos. Acreditamos que o Caminhos de Caravaggio será um sucesso na serra e atrairá cada vez mais caminhantes”, comentou.

Gilberto Adami, empresário e vice-presidente da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela do Estado do Rio Grande do Sul (ACASARGS), foi um dos peregrinos que percorreu o trajeto ao lado da esposa, Maria Ester Adami. A dupla, que já fez o caminho europeu (Santiago de Compostela), optou por fazer a rota serrana de forma parcelada.

“A correria do dia a dia não nos permite fazer dentro dos 10 dias – tempo estimado para percorrer os 200km. O que define o trajeto é o tempo que tu tem e disponibilidade para fazê-lo. Para nós que moramos na região e estamos sempre correndo contra o tempo, fica mais fácil fazer fracionado”, relatou Adami.

Eles terminaram o roteiro no último feriado da Proclamação da República (15, 16 e 17/11). “A caminhada é uma reflexão. Parar e conhecer as pessoas e a maneira como eles vivem é muito bom. Sem falar na beleza do trajeto, que fala por si só. Mais um Caminho concluído. Foram 200 Km de fé, pois os trajetos foram duros, mas isso não tira o brilho do lugar e das pessoas que cruzaram nosso caminho. Sem falar das lições que aprendemos. Só temos a agradecer”, concluiu.

A titular da Secretaria Municipal do Turismo (Semtur), Patrícia Ferreira, reforça a importância desse roteiro para Caxias do Sul e região. “A Serra Gaúcha está consolidada no mercado turístico brasileiro como destino de muitas pessoas anualmente. O Caminhos de Caravaggio vem para fortalecer ainda mais esse destino, ofertando um roteiro de qualidade e gerando novas oportunidades para as comunidades locais. Essa nova rota permite a contemplação das paisagens naturais, das plantações, de construções antigas e de obras que valorizam as conquistas dos imigrantes. Além do contato visual com a natureza, o roteiro proporciona elevação espiritual e superação de desafios”, completou.

Sobre o roteiro

A rota passa por quatro cidades da região turística das Hortênsias (Canela, Gramado, Nova Petrópolis e Caxias do Sul), além de Farroupilha. Ao iniciar o trajeto, o turista recebe um guia de peregrino, que mostra o roteiro completo do percurso dividido em 10 trechos e também traz algumas dicas de locais para se alimentar e descansar. Os percursos diários sugeridos variam de 15 a 28 km.

Ainda no começo o peregrino também receberá um passaporte, o qual é carimbado em cada parada. No final do percurso, ele recebe um certificado que comprova que percorreu todos os 200km.

No último dia 8 de novembro, o roteiro Caminhos de Caravaggio recebeu o certificado de complemento da rota que parte de A Coruña, no Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Ou seja, quem completar o trajeto entre os santuários de Nossa Senhora de Caravaggio poderá usar isso para complementar o roteiro europeu, demonstrando a consolidação da rota serrana.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email