Primeira semana de fevereiro teve recuo na inflação para o consumidor

O índice de preços ao consumidor – semanal (IPC-S) de 07 de fevereiro de 2019 subiu 0,53%, 0,04 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa registrada na última divulgação, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Nesta apuração, duas das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para a desaceleração do índice partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (3,13% para 1,73%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item cursos formais, cuja taxa passou de 5,79% para 4,10%.

Também registrou decréscimo em sua taxa de variação o grupo Vestuário (-0,64% para -0,85%). Nesta classe de despesa, vale destacar o comportamento do item: roupas, cuja taxa passou de -0,83% para -1,06%. 

Em contrapartida, os grupos Comunicação (0,20% para 0,53%), Transportes (0,02% para 0,32%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,27% para 0,33%), Alimentação (0,73% para 0,77%) e Despesas Diversas (0,30% para 0,32%) apresentaram acréscimo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa vale citar os itens: pacotes de telefonia fixa e internet (0,91% para 2,32%), tarifa de ônibus urbano (2,86% para 3,32%), serviços de cuidados pessoais (0,17% para 0,28%), feijão carioca (16,12% para 21,88%) e serviço religioso e funerário (0,39% para 0,61%).

O grupo Habitação repetiu a taxa de variação de 0,43%, registrada na última apuração. As principais influências partiram dos itens: eletrodomésticos e equipamentos (-0,24% para 0,30%), em sentido ascendente, e taxa de água e esgoto residencial (0,88% para 0,48%), em sentido descendente.

Fonte: Investimentos e Notícias

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email