ONU alerta que 2018 foi 4º ano mais quente já registrado

Os eventos climáticos extremos de 2018 incluíram incêndios florestais no Estado norte-americano da Califórnia e na Grécia, seca na África do Sul e enchentes em Kerala, na Índia.

Níveis recordes de emissões de gases de efeito estufa provocados pelo homem, sobretudo da queima de combustíveis fósseis, acumulam ainda mais calor.

As temperaturas de superfície globais médias ficaram um grau Celsius acima da era pré-industrial, disse a Organização Meteorológica Mundial (OMM) com base em dados de agências meteorológicas norte-americanas, britânicas, japonesas e europeias.

Tecnologia e ciência Reuters.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email