Ministério da Saúde afirma que comprará toda a produção da vacina do Butantan contra o coronavírus

O Ministério da Saúde informou neste sábado (09) que todas as doses da vacina contra a Covid-19 produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo, serão compradas com exclusividade pelo governo federal.

De acordo com a pasta, as doses serão incorporadas ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra Covid-19. Na quinta-feira (07), o ministro Eduardo Pazuello anunciou que a pasta compraria 100 milhões de doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Butantan e pelo laboratório chinês Sinovac. O contrato prevê a entrega de 46 milhões de doses até abril e a opção de compra de mais 54 milhões de doses.

Segundo a pasta, em reunião na sexta-feira (8), “representantes do Ministério da Saúde e do Instituto Butantan acertaram que a totalidade das vacinas produzidas pelo laboratório paulista serão adquiridas pelo governo federal”.

O ministério afirmou também que os “brasileiros de todo o País receberão a vacina simultaneamente, dentro da logística integrada e tripartite, feita pelo Ministério da Saúde e as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde”.

Nos próximos dias, haverá uma reunião entre o ministro Pazuello e representantes dos secretários estaduais e municipais de Saúde para detalhamento da logística de distribuição e do calendário da campanha de vacinação. O pedido de uso emergencial da CoronaVac já foi feito à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *