Matrix: uso de óculos de sol por personagens pode ser mais do que uma questão estética

Além de sua incrível e complexa trama, das questões filosóficas e existências que foi capaz de levantar e das revoluções tecnológicas e cinematográficas que apresentou em sua feitura, parte do sucesso do filme Matrix – escrito e dirigido pelas Wachowskis em 1999 – se deve também ao seu imenso impacto visual, através das roupas e do figurino dos personagens – e tal impacto não seria o mesmo sem os icônicos óculos escuros usados no filme. Mas, para além do estilo e do charme cool que oferecem, tudo em Matrix parece possuir um sentido mais profundo e simbólico, e com os óculos escuros não seria diferente.

O primeiro fato gritante é que eles aparecem essencialmente no mundo simulado, no rosto dos personagens emancipados – que sabem que aquilo se trata de uma simulação, como Neo, Trinity e Morpheus, assim como os agentes Smith e os Gêmeos.

Além de sua incrível e complexa trama, das questões filosóficas e existências que foi capaz de levantar e das revoluções tecnológicas e cinematográficas que apresentou em sua feitura, parte do sucesso do filme Matrix – escrito e dirigido pelas Wachowskis em 1999 – se deve também ao seu imenso impacto visual, através das roupas e do figurino dos personagens – e tal impacto não seria o mesmo sem os icônicos óculos escuros usados no filme. Mas, para além do estilo e do charme cool que oferecem, tudo em Matrix parece possuir um sentido mais profundo e simbólico, e com os óculos escuros não seria diferente.

Trinity, Neo e Morpheus vestindo seus óculos

É isso ao menos que pesquisadores e fãs mais aguerridos especulam, já que não há qualquer confirmação oficial por parte das irmãs diretores a respeito do significado dos óculos escuros. Em meio aos conceitos de mundo simulado e mundo real, aos casacos de couro, as dobras no tempo e no espaço, e tudo mais que tornam esse um dos mais emblemáticos filmes em todos os tempos, será possível que os óculos estejam em cena somente por sua força fashion?

O primeiro fato gritante é que eles aparecem essencialmente no mundo simulado, no rosto dos personagens emancipados – que sabem que aquilo se trata de uma simulação, como Neo, Trinity e Morpheus, assim como os agentes Smith e os Gêmeos.

Agente Smith, também de óculos

É claro que os óculos não fazem diferença para manipular ou se mover pela Matrix, mas parecem sim funcionar como um símbolo de emancipação na história: não seria por acaso, assim, que quando Neo e Morpheus se encontram pela primeira vez, o segundo está usando óculos e o primeiro não – e as pílulas azul e vermelha aparecem refletidas justamente nas lentes de Morpheus. Da mesma forma, na clássica cena da colher, em que justamente a questão da realidade e da simulação é enfrentada por Neo, o personagem se encontra sem os óculos.

A simbologia, portanto, seria em irônico paradoxo: quem tem os olhos livres e descobertos é quem estaria cego para a verdade, enquanto quem esconde os olhos atrás de lentes escuras é quem de fato enxerga.

Ao mesmo tempo, porém, personagens como O Arquiteto e a Oráculo não usam óculos, o que pode, segundo as mesmas especulações, oferecem um sentido ainda mais profundo para tal alegoria: ainda que saibam da existência da Matrix, personagens como Neo, Trinity e Morpheus não sabem de seu propósito e da história por trás  – não sabem de tudo.

Seja como for, o fato é que os óculos fazem parte da mitologia do filme – e dos tantos motivos que fizeram de Matrix um momento singular na história do cinema.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email