Kevin Feige, chefão da Marvel, rebate críticas de Scorsese

Depois das declarações polêmicas de Martin Scorsese, que considera que os filmes da Marvel “não são cinema”, diversos diretores e atores se dividiram entre apoiá-lo e discordar de sua opinião. Agora, chegou a vez de Kevin Feige, chefão do universo cinematográfico da Marvel, quebrar o silêncio.
Em entrevista ao podcast Awards Chatter, do Hollywood Reporter, Feige falou que “não acredita que [a fala de Scorsese] é verdade”. “Eu acho lamentável” pensar que os longas de herói fazem mal ao cinema. “Acho que eu e qualquer pessoa que trabalhou nesses filmes ama cinema, longas e ir aos cinemas.”
Segundo Scorsese, os títulos da Marvel “não têm riscos” e basicamente são fabricados de acordo com o que a audiência quer ver. Kevin, no entanto, discorda: “Nós fizemos Guerra Civil. Dois dos nossos personagens mais populares entram em um embate teológico e físico. Nós matamos metade de nossos protagonistas no final de Vingadores.”
Algumas pessoas não acham que é cinema. Todo mundo tem direito a sua opinião. Todo mundo tem o direito de repetir essa opinião. Todos têm o direito de escrever artigos sobre essa opinião, e estou ansioso pelo que acontecerá a seguir. Mas enquanto isso, continuaremos fazendo filmes.”

O próximo lançamento da Marvel é Viúva Negra, em 30 de abril de 2020.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email