Equipe de Robótica de Caxias do Sul cria colete que potencializa atividade física

Os integrantes da equipe de robótica Tecnoway vêm desenvolvendo ao longo dos últimos meses um colete que promete potencializar a prática de exercícios físicos. O colete utiliza uma técnica de eletroestimulação, a partir de um procedimento chamado “Corrente Russa”, que provoca estímulos elétricos que contraem a musculatura. Essa prática estimula a circulação sanguínea, o que diminui a flacidez e melhora o tônus muscular, além de colaborar com a perda de calorias em pouco tempo de atividade física. 


O resultado é obtido por meio de uma combinação com outro aparelho, que se conecta ao eletrodos do colete e, assim, desperta a ação. O que existe hoje são aparelhos em centros de treinamento ou academias que realizam esse trabalho usando uma técnica parecida. A ideia da Tecnoway, no entanto, é estimular a autonomia, criando um colete e um aparelho que podem ser usados em casa ou em parques, por exemplo. “Acho a proposta super válida e inovadora. Além disso, é importante porque propõe exercícios de forma orientada e segura pra realizar em casa”, analisa a fisioterapeuta Verônica Filter.


O grupo responsável pela criação do projeto é formado por alunos do Ensino Fundamental e Médio da Caminho do Saber, que participa agora da etapa regional do Torneio Sesi de Robótica. Devido a pandemia, nesse ano, a competição ocorre nos dias 07 e 08 de maio no modo online e conta com a participação de 21 equipes do Rio Grande do Sul; a Tecnoway é a única de Caxias do Sul.


O colete é uma proposta para a categoria projeto de inovação, que visa apresentar ideias para solucionar um problema da comunidade. Neste ano, o tema é discutir maneiras de solucionar o sedentarismo; Além dessa, outras categorias como design de robô, core values e desafio do robô fazem parte da competição. O objetivo principal de Tecnoway é tornar acessível o uso do colete e do aparelho que liga os eletrodos, já que o que existe hoje são muito grandes e tornam impossível a mobilidade. “Estamos com grande expectativa com esse projeto e com o torneio como um todo. A Tecnoway é uma equipe que já tem tradição de 11 anos em criar soluções inteligentes para problemáticas da comunidade”, relata a técnica da equipe Alexandra Colvara. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *