Energia renovável bate recorde em 2020, aponta IRENA

De acordo com dados divulgados pela IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável), as adições à capacidade global de renováveis em 2020 superaram as estimativas e todos os recordes anteriores, apesar da desaceleração econômica provocada pela pandemia da Covid-19.

A pesquisa apontou que mais de 260 GW de potência de energia renovável foram adicionados em todo o planeta no ano passado – uma alta de 50% em relação a 2019. 

O levantamento destacou ainda que mais de 80% de toda capacidade de eletricidade adicionada em 2020 era limpa e sustentável, com a solar e eólica respondendo por 91% das novas energias renováveis.

Segundo a IRENA, essa expansão é atribuída ao descomissionamento líquido da geração a partir de combustíveis fósseis na Europa, América do Norte e pela primeira vez na Eurásia (Armênia, Azerbaijão, Geórgia, Federação Russa e Turquia). Para se ter uma ideia, por exemplo, o total de adições deste tipo de fonte caiu de 64 GW em 2019 para 60 GW em 2020.

No final de 2020, a IRENA relatou que a capacidade de geração renovável global totalizava 2.799 GW, com a energia hidrelétrica ainda respondendo pela maior parte (1.211 GW).

No entanto, a fotovoltaica e a eólica dominaram a expansão da capacidade no ano passado, com 127 GW e 111 GW de novas instalações, respetivamente.

A China e os Estados Unidos foram os dois mercados de crescimento de destaque em 2020. O país asiático adicionou 136 GW, com a maior parte vindo de 72 GW de eólica e 49 GW de solar. 

Já os EUA instalaram 29 GW de potência de renováveis ​​no ano passado – quase 80% a mais do que em 2019, incluindo 15 GW de solar e 14 GW de eólica. 

No caso da África, o estudo indicou que a o mesma continuou a se expandir de forma constante com um aumento de 2,6 GW, um pouco mais do que em 2019, enquanto a Oceania continuou a ser a região de crescimento mais rápido (+ 18,4%), embora sua participação na capacidade global seja pequena e quase toda a expansão ocorreu na Austrália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *