EMEF Senador Teotônio Vilela é a contemplada do Projeto Escolas 2021

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Teonônio Vilela, do bairro Nossa Senhora das Graças, de Caxias do Sul, é a contemplada do Projeto Escolas 2021/2023, da Fundação Marcopolo. A revelação aconteceu por meio da live realizada na manhã desta quinta-feira (3), nas redes sociais da entidade, conforme orientação da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), devido às normas de distanciamento social provocadas pela Covid-19.

Pelos próximos três anos, a instituição receberá apoio pedagógico e de recursos para o desenvolvimento de ações que estimulem a permanência em turno integral dos estudantes na escola e intervenções na infraestrutura, que melhorem as condições de ensino e aprendizagem dos alunos, além de estimular a integração da comunidade escolar.

 A Senador participará do projeto com a EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves, selecionada em 2019, e substituirá a EMEF Rosário de São Francisco, que se despede em dezembro deste ano. Somente em 2020 a Rosário recebeu esquadrias novas, toldo na área externa e placa de identificação da escola. No mesmo período, a Tancredo de Almeida Neves ganhou 1 televisor 55’’ polegadas, 13 ventiladores, impressora preto e branco, reformas na entrada da instituição, pátio externo e corredor interno (em parceria como Mutirão de Arquitetura Social – MAS), toda a pintura do pavilhão 2, finalização de todos os reparos da parte elétrica e placa de identificação do colégio. Desde quanto foram contempladas com o projeto, a Rosário recebeu investimento de quase R$ 750 mil, enquanto que a Tancredo recebeu mais de R$ 337 mil.

 Escolhida entre as 19 escolas inscritas, a instituição com 555 alunos, contou com o preparo e motivação da comunidade escolar, como pontos fundamentais para a decisão de ser a contemplada pelo projeto. “A Senador tem inúmeras possibilidades de desenvolvimento, com uma equipe diretiva e pedagógica coesa, motivada e disposta a fazer a diferença na comunidade escolar. Essa junção de fatores certamente dará excelentes resultados!” destaca o diretor da Fundação Marcopolo, Leandro Basso.

Há anos se inscrevendo na esperança de ser contemplada pelo Projeto Escolas, a Senador conta com o apoio na estrutura, mas principalmente na área pedagógica para enfrentar os desafios do próximo ano, ainda cheio de incertezas devido à pandemia do coronavírus. “Finalmente chegou a nossa vez! Somos muito gratos e temos a certeza que o Projeto Escolas irá ajudar a nossa comunidade escolar nos desafios que nos esperam ali na frente, a começar o planejamento do próximo ano letivo em formato de ensino híbrido”, ressalta a diretora da escola Senador Teonônio Vilela, Manuele Ceratti da Silva.

Entre as primeiras ações previstas estão o alinhamento do ano com a equipe diretiva e pedagógica, o encontro com os professores para dar as boas-vindas e a recepção do ano letivo, tudo no início de 2021.

Com quase 20 anos de existência, o Projeto Escolas já beneficiou mais de 7 mil estudantes de 10 instituições de ensino, são elas: EEEM Médio Irmão José Guerini (2003), EEEM Médio Raquel Grazziotin (2004), EMEF Dario Granja Sant’Anna (2005), EMEF Guerino Zugno (2006 a 2007), EMEF Ester Benvenutti (2008), EMEF São Vicente de Paulo (2008 a 2014), EMEF Rubem Bento Alves (2010 a 2015), EMEF Professora Marianinha de Queiroz (2009 a 2017), EMEF Rosário de São Francisco (2018 a 2020), e EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves (2019 a 2021).

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email