Bilionário Richard Branson vai ao espaço em foguete da sua empresa Virgin Galactic

O bilionário Richard Branson, fundador do grupo Virgin, decolou na manhã deste domingo (11), no Novo México (EUA), a bordo do foguete VSS Unity, da sua própria empresa de astro-turismo Virgin Galactic Holding Inc, para realizar um breve voo espacial.

A viagem contou com dois pilotos e quatro “especialistas da missão”, sendo Branson um deles. O breve voo suborbital terminou onde começou, em uma pista do Spaceport America – o primeiro espaçoporto projetado para fins comerciais, construído em 2011, também pelo empresário.

A Virgin Galactic não usou um foguete clássico para lançar sua nave, mas um avião que decolou de uma pista e depois soltou, na altitude, a nave espacial que estava acoplada. Ao chegar no espaço, a nave ligou seus motores e depois desceu planando. Todo o percurso durou menos de 20 minutos.

Esse é o primeiro teste de voo da Virgin Galactic com uma tripulação completa. Com a aventura, Branson conseguirá agora avaliar com esse voo-teste qual será a experiência de seus futuros clientes. A Virgin Galactic pretende iniciar viagens para turistas em 2022. Até o momento, cerca de 600 pessoas compraram ingressos, que variam de US$ 200 mil a US$ 250 mil.

A missão da Virgin Galactic foi batizada de Unity 22, por conta do 22º teste de voo da aeronave. Apesar de ser o primeiro com todos os espaços ocupados, o voo foi o quarto da empresa a contar com tripulação.

Neste domingo, o magnata britânico saiu à frente de Jeff Bezos, fundador da Amazon, e se tornou o primeiro empresário a voar em uma espaçonave desenvolvida por sua própria empresa.

Bezos planeja realizar seu voo espacial em 20 de julho em uma nave da sua companhia Blue Origin. A data marca o aniversário de 52 anos dos primeiros passos do homem na Lua.

Outros bilionários já viajaram ao espaço, mas foram levados por um foguete da agência espacial russa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *