Bateria faz carro elétrico rodar 320 quilômetros com carga de apenas 10 minutos

Dez minutos de carga para 320 quilômetros rodando: pesquisadores dos EUA afirmam ter testado com sucesso uma bateria que promete resolver o problema de autonomia dos carros elétricos.

Em artigo publicado na última semana, pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia destacaram que tal velocidade de carga exige uma bateria que absorva rapidamente 400 quilowatt (kW) de energia. Porém, os veículos elétricos atuais são incapazes desta façanha, já que isto colocaria em risco o revestimento de lítio em torno do ânodo, prejudicando gravemente a vida útil da bateria.

Para evitar o inconveniente, os pesquisadores elevaram a temperatura de sua bateria experimental a 60ºC durante o ciclo de carga, baixando a temperatura posteriormente. O processo limita a exposição da bateria à temperatura de carga elevada, gerando assim um ciclo de vida muito longo.

Nos últimos cinco anos, o mercado automóvel tem vindo a modificar-se com grande rapidez. Muito devido à aposta das grandes marcas nos veículos elétricos. Assim, os próximos anos serão cruciais no mercado automóvel, pois espera-se que a aposta em veículos elétricos comece a ser maior, e os veículos a motor de combustão irão começar a ser menos comercializados.

Os próximos anos serão importantes nesse aspeto para as grandes marcas. O grande entrave neste momento para a aquisição deste tipo de carros é o seu preço e a sua autonomia, ainda muito limitada. Assim, no meio de tanta oferta existente no mercado, há que avaliar bem estes dois pontos. Pois apenas um carro elétrico com grande autonomia é que interessa à maioria dos consumidores.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email