Aedes, sobe para 16 o número de criadouros encontrados em Caxias do Sul

Subiu para 16 o número de focos do Aedes aegypti encontrados em Caxias do Sul. Os dois novos criadouros do mosquito responsável por transmitir dengue, zika vírus e febre chikungunya foram localizados nos bairros Presidente Vargas e Santa Lúcia Cohab. Os agentes de combate às endemias identificaram os insetos, já na fase adulta, durante visitas de rotina em um estabelecimento comercial e em uma residência.

Estes são os dois primeiros focos encontrados no mês de março. Até fevereiro, o número de criadouros somava 14: Alvorada (3), Bela Vista (1), Desvio Rizzo (1), Esplanada (4), Mariani (1), Salgado Filho (1) e Santa Lúcia Cohab (3). Com os dois novos casos, a quantidade de focos localizados até agora no município já se aproxima do total registrado durante todo o ano passado, quando 17 foram identificados.

Rogério Poletto, coordenador da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), solicitaque a população contribua no combate ao inseto. “Nós fazemos o trabalho de orientação, inspeção e eliminação dos criadouros, porém a população precisa se conscientizar que também deve colaborar como combate ao mosquito. Cada cidadão tem o dever de manter sua casa e pátio livres de recipientes que acumulem água. Só assim é possível evitar que as larvas se desenvolvam e se proliferem”, conclui.

Dicas de prevenção

– Limpar com escovação semanal o recipiente de água dos animais domésticos;

– Recolher o lixo do pátio;

– Colocar o lixo ensacado para ser recolhido pela Codeca;

– Recolher pneus inservíveis e armazená-los em locais secos e protegidos da chuva; ou encaminhar ao Ecoponto da Codeca (tem custo de R$ 1,65 por pneu, para o morador que entregar o pneu seco na Codeca);

– Tampar caixas d’água;

– Colocar telas milimétricas em caixas d’água descobertas, reservatórios de captação de água da chuva e nos ralos;

– Limpar as calhas;

– Semanalmente, lavar e escovar piscinas plásticas, trocando a água;

– Eliminar os pratinhos das plantas.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on print
Share on email